FANDOM


Canalt Crest

Insígnia de Calnat

This-image (2)
Bang

A Explosão de Calnat

Calnat era um misterioso reino de Arquimídia que se especializa em máquinas. Era o reino celeste mais abençoado pelas Três Deuses de Ernas. Mas desapareceu pelo poder do Martelo de Ernas. Porém, uma garota de nome Mari acredita ser a unica sobrevivente de Calnat, que parece ter amnesia, as suas unicas memórias são o seu nome e o conhecimento das ferramentas mecânicas. O Gladiador lendário Sieghart e os asmodianos Dio e Rey lutaram ao lado de Calnat, junto com os Imortais e outros demônios, apesar de no fim das contas falhar em salvar o reino.

Tudo começou com a Primeira Guerra Mágica, que começou por culpa de Heitaros Cratsus, que não aceitava a existencia de outra dimensão fora de Elyos, e achava que era uma ameça a sua tribo esses seres existirem.

O portal da tribo de Heitaros abriu ao lado de Calnat, e também decidiu ataca-los.

Ao descobrir sobre a invasão, o clã do Desfiladeiro Flamejante, que não estava participando da batalha, mandou o jovem Dio para Ernas, como um enviado especial para descobrir os planos de Heitaros. Ele não deveria participar da batalha, mas teria que descobrir tudo o que se passava no mundo dos mortais.

Enquanto isso, Rei de Calnat invocou a ajuda das Três Deusas da criação e estas lideraram as forças de Calnat contra o exército demoníaco, numa selvagem e terrível batalha nas Planícies de Artione. O número de vítimas aumentava a cada instante, até que a própria deusa Ernasis entregou uma arma sagrada para a Civilização Celeste, o Martelo de Ernas. Esta era a arma definitiva de Calnat, mas infelizmente ela também era muito instável, já que não deveria ser abusada pelos mortais, e por isso só foi possível ativá-la uma única vez durante a batalha.

Ainda assim, uma vez foi suficiente. O poder do Martelo de Ernasis foi tão grande que eliminou toda a infantaria do exército demoníaco. O próprio Heitaros sofreu graves ferimentos e acabou fugindo de volta para Elyos através do Portal. Sem um líder, o resto do exército se espalhou pelo continente.

Acontece que para controlar o Martelo de Ernasis, foi preciso que as Três Deusas concentrassem grande quantidade de seu poder, já bastante enfraquecido pelo uso na batalha. Assim, a última coisa que fizeram antes de abandonar Ernas para recuperarem suas energias em sua própria dimensão celestial foi selar o Portal que ligava Ernas e Elyos. Os demônios que ficaram para trás em Ernas começaram a corromper outras criaturas, dando origem a vários monstros e colocando um fim definitivo à era de paz na qual Ernas se encontrava antes da Guerra Mágica.  (A propósito, com o Portal entre as dimensões selado, Dio acabou preso em Ernas, sem ter como retornar à sua própria dimensão).

Foi nesta época turbulenta que nasceu a descendente de Hadunak Mu Onette, Mari Ming Onnete, a herdeira do trono de Calnat.

Sem que ninguém soubesse, Bardinard havia encontrado a lendária Bíblia da Revelação, o tomo sagrado que continha todos os segredos do mundo, inclusive todas as informações sobre os deuses, as tribos demoníacas e o Deus Criador. Ambicioso, Bardinar acabou enlouquecendo e traçou um plano para se transformar no novo deus Criador, e assim obter controle absoluto tanto sobre os poderes do mal quanto os do bem.

Ele passou a estudar os demônios que haviam ficado presos em Ernas e coletou as Essências Demoníacas, a fonte do poder das trevas. Para ter a fonte do poder do bem, resolveu usar a energia das deusas que ainda estava no Martelo de Ernas. Seguindo as instruções da Bíblia, ele usou essa energia para criar a Pedra das Almas, o cristal que continha o poder divino. Seu plano era unir o Martelo com a Pedra e as Essências Demoníacas, e assim obter a arma suprema para se transformar no novo Criador. E foi assim que ocorreu a tragédia.

Bardinard tentou usar a Pedra das Almas para energizar o Martelo de Ernas. Seu plano era eliminar todos que poderiam se tornar obstáculos em seu caminho, então ele usaria a arma para destruir os guerreiros campeões dos deuses que haviam participado da Guerra, na época conhecidos como Imortais. Porém, os únicos Calnatianos que podiam controlar as energias da Pedra eram os membros da família real, capazes de suportar a “geas” que lhes seria imposta pelos deuses. Devido à corrupção de Bardinard, o Martelo de Ernasis, que já era instável, saiu totalmente de controle.

O Primeiro Ministro perdeu o controle da arma, e esta liberou todo o seu poder incontrolável através de uma explosão gigantesca, que à medida que se espalhava, consumia todo o reino de Calnat. Do seu palácio, a família real só podia assistir impotente enquanto a devastadora onda de energia destruía seu reino e se aproximava cada vez mais.

Faltando segundos para o fim, o misterioso Duel surgiu e arrastou Mari até uma cápsula de evacuação, criada na época da guerra para o caso das tribos demoníacas atacarem o castelo. Infelizmente, ela tinha espaço apenas para uma pessoa. Tudo aconteceu tão rápido que Mari mal teve tempo de se despedir de sua família, que naquele momento só podia esperar que pelo menos a jovem escapasse com vida.

A cápsula foi ejetada enquanto o próprio Duel desaparecia de forma semelhante como havia aparecido. Por motivos que ninguém conhecia, ele vigiava a garota fazia tempo, e não podia permitir que ela morresse naquele momento. Mari viu a onda de energia destruidora consumir o castelo e todo o resto da família real. Mas infelizmente, a cápsula não foi rápida o suficiente, e acabou pega pela onda de choque. O choque da explosão danificou os controles da cápsula, que ativou seu modo de hibernação, fazendo com que Mari caísse num sono profundo.

A explosão foi tão grande que acabou atingindo também os reinos dos anões e dos elfos, e ambos os reis destas raças acabaram morrendo. Cada nação acabou então culpando a outra pelo incidente e assim se iniciou uma guerra sem fim entre os dois povos. Enquanto isso, a capsula de fuga, sem controle, desapareceu. Duel perdeu o rastro da garota, sem saber que a cápsula caiu e se perdeu na região de Ellia. Mari passou anos presa no estado de hibernação, sem envelhecer nenhum dia graças à tecnologia da cápsula. Mas os danos no aparelho foram maiores do que pareciam, e quando ele finalmente se abriu, Mari despertou num local estranho, sem nenhuma memória sobre seu passado.

Só mais uma pessoa escapou da destruição de Calnat, justamente aquele quem a tinha causado: o Primeiro-Ministro Bardinard! Escondendo sua identidade sob o nome de Astaroth, ele conseguiu entrar em Xênia, a terra dos deuses, onde iniciou seus planos para a criação de uma nova Pedra das Almas, ainda mais poderosa que a anterior, em sua busca para se tornar o deus supremo!

Sem a Bíblia da Revelação, que se perdeu, ele precisou usar outro poder para isso, e assim, ele corrompeu o deus da Sintonia, Thanatos, e fez com que ele buscasse se tornar o Deus Governante, pensando em depois usurpar seu lugar.

MembrosEditar

Mari era a filha de Hadunak Mu Onette, e era herdeira do trono de Calnat. Mas, graças a Capsula de Evacuação criada por Duel, acabou perdendo todas as suas memórias.

Astaroth era o Primeiro Ministro de Calnat, e causou a tragédia.

AliadosEditar

Sieghart é um poderoso Gladiador de Canaban. 600 anos atrás, ele desapareceu neste reino, quase morto por um dos demônios; pensava-se que ele estivesse morto em toda Vermécia. Quando ele estava morrendo, os Imortais o ressuscitaram e o tornaram um deles. Porém, durante a guerra, Bardinar matou todos os Imortais, a não ser Sieghart.

Dio Desfiladeiro Flamejante foi até Calnat para descobrir o que estava acontecendo. Mas, no selamento dos portais causado pelas deusas, acabou preso em Ernas.

Batalha FinalEditar

No Império de Astaroth, Astaroth acaba reconstruindo Calnat e é lá onde ocorre a batalha final contra o mesmo. Caxias Grandiel se junta a Grand Chase para derrotar Astaroth, que usa o poder do Martelo de Ernasis para despertar seu poder divino.

Nos últimos momentos, o martelo invoca a Bíblia da Revelação, e Astaroth começa a completar seu poder. E Caxias Grandiel, com medo de ocorrer outra tragédia, sela o Martelo e Bardinar em algum lugar.


Duel aparece no final, e sequestra Mari, dizendo que só irá levar a Bíblia e a memória do passado de Mari.

TrivialidadesEditar

  • Calnat é um dos três reinos conhecidos, os outros são Serdin e Canaban.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória